O que é e como funciona o CDB

Tempo de leitura: 3 minutos

Muito comum entre os títulos de renda fixa, uma ótima opção para quem quer fazer algum tipo de investimento é saber o que é e como funciona o CDB, Certificado de Depósito Bancário, uma vez que ele é ideal para quem não quer ter tantos riscos.

Isso porque diversas modalidades de investimentos podem ser um tanto arriscadas para o investidor, que pode acabar perdendo todo o dinheiro. Porém, além do CDB oferecer diversas vantagens, ele ainda costuma ser uma opção bem mais segura.

O que é e como funciona o CDB na prática

Para começar a compreender o que é e como funciona o CDB, é necessário ter ciência de que ele é uma espécie de título de renda fixa, como dito anteriormente, mas que é emitido por meio de bancos com o intuito de conseguir verba para financiar certos procedimentos.

E assim, o investidor recebe todo o dinheiro investido juntamente com os juros encima disso e a correção monetária, sendo que é necessário escolher o valor e verificar qual é o melhor prazo a ter retorno, além de precisar abrir uma conta de investimentos.

Para entender de forma correta o que é e como funciona o CDB, é ideal entender que há a necessidade de abrir essa conta em uma corretora, a qual te dará acesso à várias opções de títulos, prazos e rentabilidade.

O que é e como funciona o CDB

É importante ter atenção no momento de escolher qual título adquirir para ser possível investir em algo que seja realmente de acordo com as suas necessidades e intuitos.

Uma das maiores vantagens dessa opção e que precisa ser levada em questão em o que é e como funciona o CDB, é que não há um prazo mínimo para deixar o dinheiro investido, porém, quanto mais tempo isso ocorrer, maior será o lucro do investidor.

Sendo que por via de regra há duas opções diferentes de prazo para essa aplicação, podendo escolher a que mais for adequada às necessidades:

  • Prazo de vencimento:

    Essa aplicação vence no momento em que resgatar o dinheiro gerado, sendo combinado o prazo entre o investidor e a instituição anteriormente. A renda é até mesmo depositada na conta automaticamente na data de vencimento. E caso haja a necessidade de acessar o dinheiro antes da data estipulada, é necessário vender o CDB a outra pessoa.

 

  • Prazo de carência:

    Esse tipo de opção faz com que haja um tempo mínimo sem poder fazer o resgate financeiro. Porém, após esse período há liquidez diária, o que significa que é possível retirar o dinheiro a qualquer momento.

Um ponto essencial para ter noção sobre o que é e como funciona o CDB é como funciona esse baixo risco que ele oferece. Ele existe por conta da possibilidade do banco que emitiu esse título falir e não ter então como pagar o investidor.

Porém, caso isso ocorra, essa opção de investimento é protegida pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC), que cobre em até R$250 mil por CPF e emissor. Sendo assim, não é indicado que haja um investimento maior do que esse valor no mesmo título, porque, sendo dentro, haverá o valor restituído.